Os mais lidos

Textos mais lidos

Posted by : Felippe Alves sábado, 31 de agosto de 2013

eram nove e meia quando olhei para ela.
que era bela, qualquer um
poderia dizer.
mas o que me atraiu, na verdade,
não foi seu rosto, ou seu corpo
mas o jeito que virava a página
como se o livro fosse um amigo
cachos ruivos e mãos delicadas.
de tão fascinado, fiquei
de castigo.

e todos os dias, lá repetia.
Sentava
eu,
e aguardava.
Ansiava a chegada
da ruiva
que nem sempre aparecia,
mas consumia cada reles sonho
meu

passaram-se meses, passaram-se anos.
esperar se tornou rotina.
tentei descobrir seu nome.
até mesmo o telefone.
teu horário não sabia
e me fiz então de otário
lhe tentando
poesia,
mas não sabia
rima com ruiva.
e todo dia a decepção.
se a loba não vai, o lobo não uiva.

a ruiva nunca apareceu.
mesmo por anos eu tendo esperado.
mas o destino intercedeu,
um dia Judite sentou-se ao meu lado.
conversas, risadas, histórias e beijos.
foi com Judite que me casei.
perversa, malvada, se afogue no Tejo,
na imagem da ruiva eu rabisquei.

mas eis do tal momento, - que surpresa - no dia do casamento,
quando Judite subiu ao altar,
meus olhos fitaram a quarta fileira.
sentada ali pra me ver casar,
a ruiva piscava de forma certeira.

não gritei, não xinguei,

e nem mesmo deveria.
sussurrei um singelo “obrigado”.
se não fosse a ruiva vadia
eu nunca teria me casado.



Leave a Reply

Deixe um comentário!!! Chubble agradece...

Subscribe to Posts | Subscribe to Comments

- Copyright © Chubble & Eu - Devil Survivor 2 - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -